As obras de reabilitação da zona envolvente ao Complexo Cultural Quinta da Raposa, ao posto da GNR e ao edifício onde se irá instalar a sede da Junta de Freguesia de Mafra, a loja social “Enfrente”e o “Mafra Business Factory” estão já em andamento.

envolvente_quinta_da_raposa

[Imagem: CMM]

Esta requalificação irá criar uma nova praça urbana aberta e desafogada para a qual se prevê “a requalificação dos pavimentos, a beneficiação das áreas verdes existentes e a criação de outras para utilização ativa, bem como a disponibilização de um espaço que permita a realização de espetáculos ao ar livre. Nas zonas de sombra, consideradas de estadia, colocar-se-á mobiliário urbano. Também se pretende facilitar o acesso ao posto da GNR, nomeadamente a entrada e saída de viaturas.”, assim reza a informação disponibilizada pela Câmara Municipal de Mafra.

Alertado hoje mesmo por um leitor, relativamente ao abate de árvores nesta zona de intervenção, o JM recolheu aí as imagens que apresentamos de seguida, tendo assistido ao abate de uma das árvores. Tivemos ainda ocasião de falar com um responsável técnico e com António Ramalho, Presidente da Junta de Freguesia de Mafra.
As referidas árvores estariam inicialmente destinadas a manter-se no local, como se pode verificar na planta que apresentamos acima, no entanto, a pedido do dono da obra e dos responsáveis da GNR, que mantém o seu quartel no local, decidiu-se pela remoção das árvores mais próximas da GNR, permitindo assim, por um lado, alargar os lugares de estacionamento que servem aquela força militarizada, e por outro lado obstar aos danos, vultuosos, segundo nos foi referido, provocados no subsolo pelas raízes daquelas árvores, nomeadamente ao nível da rede de esgotos.

 

Publicado em 16 de Junho 2016

Pub

Achou este artigo interessante, partilhe-o com os seus amigos!

VISITE TAMBÉM A PRIMEIRA PÁGINA DO JORNAL DE MAFRA

Partilhe com os seus amigos!