06 MAI 2017 | Destaques | JM

Foi inaugurada esta tarde a nova sede da Associação de Dadores de Sangue do Concelho de Mafra. Passa a ocupar as antigas instalações da Junta de Freguesia de Mafra (JFM), o espaço foi cedido à CMM pela JFM que o cedeu depois à associação dos dadores de Sangue.

Entre os presentes encontravam-se 3 dos 7 membros fundadores desta associação em Mafra, o Presidente da direcção da Federação das Associações de Dadores de Sangue (FAS – Portugal), Joaquim Silva e membros de varias associações de dadores .

José António o impulsionador da Associação de Dadores de Sangue de Mafra falou sobre as dificuldades sentidas para firmar a associação e passou em revista as várias etapas percorridas para trazer a associação para o Concelho.

A Associação de Mafra é considerada um exemplo a seguir, pois é a associação com maior volume de recolha entre Peniche e o Algarve.

O Presidente da Associação, Hélder Santos Silva, referiu que o sangue “ainda não se consegue produzir artificialmente” e Joaquim Silva da FAS salientou o facto de a área de Lisboa não ser auto-suficiente, só conseguindo garantir 70% das suas necessidades, pelo que atravessa uma fase muito complicada. Neste campo “Mafra é um exemplo a seguir”.

E o leitor? Já é dador de Sangue? O sangue é um produto essencial que não se produz artificialmente, que não se vende nem se compra. Doar sangue é um acto de cidadania, é um acto de solidariedade.

Sabia que podem doar sangue todas as pessoas com bom estado de saúde, hábitos de vida saudáveis, peso igual ou superior a 50 quilos e com idade entre os 18 e os 65 anos? A doação de sangue pode ser feita de quatro em quatro meses pelas mulheres e de três em três meses pelos homens.

Saiba (aqui) onde pode efectuar a sua Doação de Sangue, em Mafra, durante o mês de Maio.

Pub

Achou este artigo interessante, partilhe-o com os seus amigos!

VISITE TAMBÉM A PRIMEIRA PÁGINA DO JORNAL DE MAFRA

Partilhe com os seus amigos!