09 Jul 2017 | Destaques | JM

Ontem, no final da manhã, ocorreu uma derrocada de pedras de grandes dimensões, na zona das esplanadas e restaurantes da Praia do Sul na Ericeira.

“Ora aqui esta mais uma desgraça que poderia ter acontecido tanta coisa que se faz para o turismo da nossa linda terra mas depois esquecem-se do basico. SEGURANCA onde andas tu? Será preciso tantos engenheiros e doutores para ver que as nossas ribas não estão seguras? Pra quando uma intervenção? Quando ficar alguém de baixo das pedras e forem dar os sentimentos a família? Só não sabemos em que língua vai ser.” Cláudia Batalha

A zona, como sabemos, é de muito movimento e as esplanadas costuma estar cheias, no entanto e felizmente, o dia húmido, cinzento e chuvoso foi a razão única para que não estejamos hoje a lamentar a perda de vidas humanas ou a existência de feridos.

Ora aqui esta mais uma desgraça que poderia ter acontecido tanta coisa que se faz para o turismo da nossa linda terra mas depois esquecem-se do basico.

Restará agora apurar responsabilidades – embora suspeitemos de que nunca mais se irá falar do caso – e, sobretudo, tomar medidas  para que uma situação destas não volte por aqui a ocorrer.

No local estiveram Policia Marítima, a protecção civil e os bombeiros da Ericeira.

As pedras foram prontamente removidas.

Segundo o comandante da polícia marítima,  “Já estamos a efetuar diligências junta da Agência Portuguesa do Ambiente para analisar a arriba e definir uma intervenção”.

19756608_1779586742057672_4858861459661769706_n

[Imagem: Cláudia Batalha]

Pub

Achou este artigo interessante, partilhe-o com os seus amigos!

VISITE TAMBÉM A PRIMEIRA PÁGINA DO JORNAL DE MAFRA

Partilhe com os seus amigos!