Marcada para ter início às 21:30, só às 22:30 entrou no Largo dos Navegantes o Presidente da Câmara e 15 minutos depois surge no largo a Marcha da Ericeira. Até esse momento, assistiu-se à apresentação de música pimba, boa parte dela cantada por uma criança acompanhada de bailarico saloio a preceito.

A Marcha da Ericeira contou com 10 arcos, cada um deles transportado por 2 marchantes (um homem e uma mulher), na marcha integraram-se alguns músicos da Filarmónica Cultural da Ericeira e mais alguns pares de marchantes.

A presença da autoridade policial nestes eventos, teria, mais que não fosse, a vantagem de regular o trânsito, evitando conflitos que mais tarde ou mais cedo hão-de surgir, uma vez que quem informalmente se encarrega disso nestas ocasiões, não está investido da autoridade que lhe permita desempenhar essas funções.

Quanto ao resto, música e figurinos a preceito, vozes afinadas e alegria que bastou para encher o largo.

 

Publicado em 12 de Junho de 2016

 

Pub

Achou este artigo interessante, partilhe-o com os seus amigos!

VISITE TAMBÉM A PRIMEIRA PÁGINA DO JORNAL DE MAFRA

Partilhe com os seus amigos!