10 ABR 2017 | Viagens | JM

Caraíbas o lugar onde as férias significam: relax, cultura, diversão, desporto, liberdade e natureza.
Samaná, na ponta nordeste da República Dominicana, é uma península com praias incríveis de intenso azul e bosques virgens, com a beleza esmagadora dos mangais e dos lânguidos coqueiros a beijar o mar é a “jóia virgem” do Atlântico dominicano.

Em Samaná poderá visitar: Cascata del Limón, Parque Nacional Los Haitises, Las Terrenas, Bonita e El Portillo, Morón, Playa Las Ballenas e El Valle.
Las Galeras e Playa Rincón são duas grandes praias isoladas e Cayo Levantado uma ilha deserta.

São inúmeras as atividades ao ar livre para fazerem Samaná, desde os desportos aquáticos, como windsurf e mergulho, passeios de bicicleta ou a cavalo.

 

Sam3 (2) Sama4

sama5

  sama7 sama8

 

Informações gerais sobre República Dominicana:

Capital: Santo Domingo. A Capital de Samaná é Santa Bárbara.

Língua: Espanhol

Religião: Na República Dominicana existe liberdade religiosa e tolerância à todas as religiões é garantida. A maioria da população é Católica Romana (68,9%), seguindo-se os protestantes (18,2%), as pessoas sem religião (10,6%) e as outras religiões (2,3%).

Habitantes: 9 378 818 habitantes (dados de 2010)

Superfície: 48.442 km², em Samaná  853,74 km²

Diferença horária:
– 5 Horas (de 26/03/2017 a 30/04/2017)
– 4 Horas (de 30/10/2016 a 25/03/2017)

Clima: Na República Dominicana é sempre verão e as temperaturas médias vão desde os 18º nas noites de inverno e os 34º nos meses de Julho e Agosto

Documentos Necessários: Passaporte com validade mínima de 6 meses, para cidadãos portugueses.

Taxas locais: À entrada deverá pagar uma taxa de 10 dólares e a saída do país, 20 dólares (sujeito a possíveis alterações).

Saúde: Beba sempre água engarrafada e seja prudente com a exposição ao sol.

Moeda: Peso dominicano (DOP)

Gorjetas: Não estão incluídas nas contas dos bares e restaurantes. Calcule entre 10 a 15% do valor total da compra.

Compras: Existem zonas comerciais onde poderá adquirir artigos de artesanato, cerâmica, figuras em caoba; pedras semi-preciosas, “carey” e típicas pinturas naíf.
O regatear dos preços é habitual.

Corrente Eléctrica: A corrente é de 110-115 volts. É necessário um adaptador de tomadas plano, tipo americano.

Alimentação: Encontrará uma variada selecção de restaurantes que combinam cozinha internacional com a típica cozinha “criolla”. Destacam-se a “bandera” (arroz branco, feijão e carne guisada), que poderá ser acompanhado por salada e rodelas de banana frita, o “sancocho” (derivado do cozido espanhol) e a lagosta e o peixe com côco.

 

Transportes: Para se deslocar entre duas localidades ou dentro de uma cidade, poderá usar as guaguas (autocarros) ou os pitorescos motocochos (moto táxi), similares aos táxis.

Sama6

 

[Fotos:DR]

Pub

Achou este artigo interessante, partilhe-o com os seus amigos!

VISITE TAMBÉM A PRIMEIRA PÁGINA DO JORNAL DE MAFRA

Partilhe com os seus amigos!