25 MAI 2017 | POLÍTICA LOCAL | JM

Decorreu hoje, no Claustro Sul do Palácio Nacional de Mafra, a sessão solene que marcou as comemorações do dia do município.

Os discursos do dia estiveram a cargo do presidente da Assembleia Municipal, José Alves Bizarro Duarte e Hélder Silva, presidente da Câmara Municipal. Na assistência, vereadores da câmara municipal, deputados da Assembleia Municipal, membros das juntas de freguesia, autoridades militares e judiciais, representantes de várias associações e instituições do concelho e alguns dos empresários alojados nos dois ninhos de empresas financiados pelo município, presente também um bispo em representação da Igreja Católica Apostólica Romana portuguesa..

Fazendo uma retrospetiva deste mandato, não posso deixar de registar que, para o exercício destas funções, muito tem contribuído a total colaboração, transparência e retidão que o Executivo Municipal vem adotando na relação institucional que mantém com a Assembleia Municipal“, palavras de José Bizarro, Presidente da Assembleia Municipal, que, relativamente ao Museu da Música acrescentou “A instalação do Museu Nacional da Música em Mafra, aguardando-se que, muito brevemente e apesar da indiferença a que este projeto tem sido votado, o magnífico espaço, que hoje nos acolhe, possa ser o desejado epicentro do conhecimento musical“.

Também Hélder Silva se dirigiu aos presentes durante a cerimónia, tendo aproveitado a ocasião para fazer um extenso balanço deste seu mandato á frente da Câmara Municipal, focando as várias áreas de intervenção da câmara municipal e elencando vários indicadores económicos e sociais que ilustrarão as virtualidades desta gestão. Na introdução ao seu discurso, referiu então que “As questões seguintes são um convicto exercício de prestação de contas. Prestar contas do que fizemos e de como fizemos, desde outubro de 2013 até hoje. Prestar contas às instituições, às associações e coletividades, às empresas e aos que escolheram este Concelho para viver, trabalhar, investir e visitar. Em suma, prestar contas a todos e a cada um de vós“.

Como é habitual, a cerimónia foi encimada com a entrega das medalhas de Mérito Municipal e a de Honra da Vila de Mafra.

Os medalhados deste ano foram os seguintes:

Medalha de Mérito Municipal:

José Estrangeiro – Atleta da Ericeira com várias medalhas conquistadas, nomeadamente em provas de triatlo

Joaquim Batalha – Clérigo da Igreja católica Apostólica Romana, presidente da Fundação João XXIII

David Mendes – Clérigo da Igreja católica Apostólica Romana

Despomar – Ericeira, empresa que representa marcas de surf

Plasoeste – Mafra/Malveira, empresa que fabrica vários tipos de sacos de plásticos

Manuel Martins – Empresário, proprietário de supermercados em Mafra e na Malveira

Confeitaria Carlos Gonçalves – Produção de pastelaria industrial

Carlos Simões, Lda. – Concessionário Citroën em Mafra


Medalha de Honra da Vila de Mafra

João Vaz – Organista e musicólogo, consultor para o restauro dos 6 órgãos da Basílica do Palácio Nacional de Mafra

Aníbal Rodrigues da Silva – Militar e actual Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Mafra

Reprise da Escola de Mafra – Considerada a expressão máxima da equitação militar em termos académicos

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Mafra – Entidade integrada no Regime Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras

Pub

Achou este artigo interessante, partilhe-o com os seus amigos!

VISITE TAMBÉM A PRIMEIRA PÁGINA DO JORNAL DE MAFRA

Partilhe com os seus amigos!