Artigos de JM

URAP lembra os tempos do silêncio em Mafra

29 ABR 2017|POLÍTICA | JM Em Mafra, no 25 de Abril e no 1º de Maio, as organizações políticas das esquerdas têm preferido engrossar os eventos que ocorrem em Lisboa, deixando a vila “a descoberto” nesses dias. Hoje, numa sessão marcada por poemas de Manuel Alegre e Jorge de Sena, a URAP  (União de Resistentes Antifascistas Portugueses), uma associação de ex-presos políticos que congrega sobretudo homens e mulheres do PCP, realizou hoje uma conferência em

PS Mafra distribui cravos no centro da vila

29 ABR 2017| POLÍTICA LOCAL | JM Com o objectivo afirmado de comemorar 25 de Abril e 1º de Maio, o PS Mafra percorreu hoje as ruas do centro de Mafra em contactos com a população. O bom momento que aquele partido atravessa a nível nacional parece estar, de algum modo, a facilitar os contactos com as populações, tendo-se visto muita gente de cravo na mão, uma oferta simbólica que os

Sec. de Estado das Pescas esteve ontem no portinho da Ericeira

28 ABR 2017|POLÍTICA LOCAL | JM Segundo informação veiculada hoje pelo Vice-presidente da Câmara Municipal de Mafra, em reunião do executivo, terá ocorrido ontem uma reunião na Ericeira, em que terão participado responsáveis camarários, representantes da Associação de Pescadores da Ericeira e o Secretário de Estado das Pescas, José Apolinário. Segundo Joaquim Sardinha, esta reunião terá ocorrido a pedido da Associação de Pescadores da Ericeira e embora a informação disponibilizada seja muito

Sabia Que…

28 ABR 2017|SABIA QUE… | JM Achou este artigo interessante, partilhe-o com os seus amigos!

Forte de Peniche futuro Museu “Da Liberdade” ou “Da Resistência” [Imagens]

27 ABR 2017|DESTAQUES | JM No dia em se comemoram os 43 anos da libertação dos presos políticos, o Conselho de Ministros do XXI governo constitucional reuniu-se no Forte de Peniche, espaço que funcionou como prisão politica entre 1935 e 25 de Abril de 1974.  Antes do concelho de ministros, numa visita em que foram acompanhados por antigos presos políticos, todo o governo visitou o forte, entrando nas celas que acolheram os

Carrilhões | Jornal de Mafra ouviu Ministro da Cultura

27 ABR 2017| DESTAQUES | JM O concelho de ministros reuniu-se hoje no Forte de Peniche. Foi a ocasião para anunciar que este forte, utilizado como prisão politica pelo regime anterior, irá ser reabilitado e transformado em museu “Da Liberdade” ou “Da Resistência”, aventou, em conferência de imprensa, a Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques. No quadro desta reunião do Conselho de Ministros, o Jornal de

25 de Abril | Declaro por minha honra

24 ABR 2017|DESTAQUES | JM O Jornal de Mafra visitou o quartel do Carmo, em Lisboa, local onde, a 25 de Abril de 1974, o poder mudou de mãos. Uma visita, a quatro imagens. O retrato que cai da parede, embora empurrada, é certo A Grande Enciclopédia trespassada por uma bala O lápis azul da censura e A declaração de lealdade ao regime Achou este artigo interessante, partilhe-o com os seus

Alcainça comemora Dia Mundial do Livro e Dia Mundial do Escutismo [Imagens e Vídeo]

23 ABR 2017| CULTURA & LAZER | JM A primeira vista, parceria difícil juntar no mesmo evento, a comemoração do Dia Mundial do Livro e do Dia Mundial do Escoteiro, no entanto, foi isso mesmo que aconteceu hoje em Alcainça (nas instalações do Estádio do Alcainça Atlético Clube). O GAMO (Grupo 250 Mafra dos Escoteiros de Portugal) decidiu associar à comemoração do Dia Mundial do Escutismo, a comemoração Dia Mundial do Livro, e

Palácio/Tapada/Jardim do Cerco – Candidatura à UNESCO em movimento

21 ABR 2017| Politica Local | JM Continua em andamento o processo de candidatura do Palácio Nacional de Mafra e da Tapada Nacional de Mafra a Património Mundial da UNESCO. Desde 2014 que esta proposta se encontra na lista da Comissão Nacional da UNESCO de bens a serem alvo de classificação. Com um forte impulso da actual gestão da Câmara Municipal de Mafra, com as eleições de Outubro em fundo,

Atrasos na requalificação dos carrilhões levam câmara a encarar isolar o palácio com uma zona de segurança

7 ABR 2017|POLÍTICA LOCAL | JM Este processo parece estar paralisado, embora os valores envolvidos –  2,3 milhões de euros – sejam relativamente baixos, sobretudo se tivermos em consideração que foram os diferentes poderes, locais, e nacionais que, por incúria, por desleixo ou por puro desinteresse, deixaram chegar o monumento ao estado em que ele está. A esta paralisia não serão indiferentes os problemas financeiros pelos quais o país tem vindo a