17 DEZ 2016 |DESTAQUES | JM

 António Costa visita escola da Venda do Pinheiro

 

No quadro de um programa de visitas que o primeiro ministro está a realizar a infraestruturas intervencionadas no âmbito dos fundos Portugal 2020, chegou hoje a vez da Escola Básica da Venda do Pinheiro. A escola está a sofrer obras de ampliação de modo a poder dar resposta à procura na sua zona de influência – a capacidade da escola passará a comportar 1.100 alunos, 38 turmas e 38 salas. 50 % da obra é financiamento de fundos europeus, sendo os restantes 50% financiados, em partes iguais pelo estado e pela autarquia.

Nesta visita, António Costa fez-se acompanhar, entre outros, por Pedro Marques  Ministro do Planeamento e das Infraestruturas e por Tiago Brandão Rodrigues, Ministro da Educação. As obras estão a decorrer a bom ritmo, podendo estar concluídas muito proximamente.

Presentes vários vereadores da maioria, o Presidente da Assembleia Municipal e, naturalmente, o Presidente da Junta de Freguesia da Venda do Pinheiro e Santo Estêvão das Galés. Muito notada também a presença de elementos do PS local, nomeadamente do vereador Sérgio Santos e de vários elementos daquele partido com assento na Assembleia Municipal. A visita decorreu sob um signo de alguma boa disposição, tendo feito algum furor entre a comitiva, uma referência a um clássico de Camilo Castelo Branco, “A queda de um anjo”, numa referência que pareceu dirigir-se a Passos Coelho.

Os jornalistas focaram as suas perguntas na qualidade do ensino público em comparação com a oferta privada. António Costa defendeu a coexistência dos dois modelos e a liberdade de escolha por parte das famílias, tendo-se focado na necessidade de proporcionar aos alunos da escola pública, condições que permitam o seu progresso ao longo do normal percurso escolar, tendo destacado a importância do ranking de sucesso

Pub

Achou este artigo interessante, partilhe-o com os seus amigos!

VISITE TAMBÉM A PRIMEIRA PÁGINA DO JORNAL DE MAFRA

Partilhe com os seus amigos!