29 MAR 2017 | Destaques | JM

Tendo por base a notícia do Jornal de Mafra relativa à discussão ocorrida na última reunião da Câmara Municipal de Mafra a propósito da gestão da Tapada Nacional de Mafra, reproduzimos a resposta do Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural,  Capoulas Santos, que nos foi enviada ao abrigo do direito de resposta consignado na lei:

 

Relativamente às declarações do senhor Presidente de Câmara de Mafra recentemente publicadas ao Jornal de Mafra, a propósito da Tapada de Mafra, o Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural declara:

“Considero estas declarações absolutamente lamentáveis, sobretudo vindas de uma entidade que, tendo uma participação na Cooperativa de Interesse Público de Responsabilidade Limitada que gere a Tapada de Mafra generosamente cedida pelo Ministério da Agricultura e uma posição privilegiada no seu órgão de gestão, se tem vindo a recusar a contribuir para a melhoria de um espaço que é do interesse público e de interesse estratégico para o próprio concelho. Naturalmente, o Ministro da Agricultura está completamente indisponível para permitir que a Tapada de Mafra seja utilizada como argumento eleitoral autárquico.”

Pub

Achou este artigo interessante, partilhe-o com os seus amigos!

VISITE TAMBÉM A PRIMEIRA PÁGINA DO JORNAL DE MAFRA

Partilhe com os seus amigos!