17 ABR 2017 | Cultura & Lazer| JM

 300 anos do lançamento da primeira pedra
da construção do Palácio-Convento de Mafra

 

Até 1885 rei e rainha tinham “apartamentos” privados funcionando separadamente, distavam 232 metros. O Rei tinha os seus aposentos privados no Torreão Norte e a Rainha no Torreão Sul.

Após a morte de D. Fernando de Saxe-Cobourgo (1816/1885), marido da rainha D. Maria II, o Torreão Norte passou a estar reservado para os hóspedes importantes de visita a Mafra e a Família Real passou a ocupar o Torreão Sul.

O Torreão Norte era composto pelas “suas cozinhas na cave, as despensas e ucharias no piso térreo, os quartos dos Camaristas no 1º piso, os aposentos do Rei neste piso e os criados nos mezaninos (sótãos).”

Antes de se entrar nos aposentos do Rei encontra-se o Oratório Norte. Oratório que era a Capela privada do Rei. Atravessando o corredor da capela chega-se então ao Palácio do Rei com Antecâmara, Quarto de vestir, Quarto de Cama e Salão Grande.

  Fotografia0727 Fotografia0715
Fotografia0697 IMG_20150909_164831
20151107_104810 IMG_20150909_164611
Fotografia0713

Pub

Achou este artigo interessante, partilhe-o com os seus amigos!

VISITE TAMBÉM A PRIMEIRA PÁGINA DO JORNAL DE MAFRA

Partilhe com os seus amigos!