Sintra | Basílio Horta quer retirar o trânsito da Vila Velha

Em entrevista ao DN, Basílio Horta, Presidente da Câmara de Sintra, diz que 2018 será um ano de “grandes investimentos e de algumas mudanças”.

Um dos projectos a realizar ainda este ano consiste em retirar o trânsito da Vila Velha, para isso, serão criados mais lugares de estacionamento e aos 500 lugares já existentes na Portela, irão somar-se mais 230 lugares e para a zona do Ramalhão está pensado a criação de um parque de estacionamento com 1200 lugares.
A ligação por navetes elétricas entre as áreas de estacionamento e a Vila Velha está ainda em estudo, mas poderá começar a funcionar já em 2018.

Em cima da mesa estará ainda “um velho projeto de teleférico, do Ramalhão para a Pena, mas isso terá de ser sujeito a referendo”.

A pensar na reabilitação de edifícios antigos no centro histórico será entretanto criada uma taxa turística, com a qual se irá constituir um fundo, do qual, uma parte será alocada ao património.

Além da criação da taxa turística existe a possibilidade de fazer um protocolo com a Parques de Sintra Monte da Lua permitindo que uma parte das receitas sejam direccionadas também para recuperação do património.
O valor da taxa turística ainda não está decidido mas, segundo Basílio Horta, “não será mais do que dois euros, nem menos de um, por quarto de hotel. Admito que nos hotéis de cinco estrelas a taxa possa ser um pouco mais alta”.

O Presidente da CM Sintra refere ainda que “Queremos que o turismo não seja só a vila histórica, mas o concelho todo. Temos muitas outras zonas de grande valor, como São João da Lampas, a Ponte da Catribana, as praias…” acrescentou ainda que “o meu objetivo não é tanto a quantidade, é a qualidade da oferta turística para todos. Para os jovens, os desportistas, os eruditos, os românticos.”

 

Para ler mais Noticias de Sintra, clique aqui.

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados

Leave a Comment