Tradições de Ano Novo

Por cá, os portugueses gostam de comer 12 passas à meia-noite, acompanhadas de champanhe, enquanto batem com as tampas das panelas e usam roupa interior azul, tendo nos bolsos, ou  escondendo uma notazita nos sapatos.

Mas “espreitwmos” as tradições em outros países do mundo.

Espanha
Aqui ao lado na vizinha Espanha, a tradição de Ano Novo para dar boa sorte é comer as 12 passas, uma a cada badalada, e pedir um desejo.

Itália
Os italianos escrevem os seus desejos num papel e atiram os mesmos para a lareira às 12 badaladas, esperando que estes se realizem.
Em Itália também faz parte da tradição deitar fora roupas, peças, mobílias e objectos que já não precisam para simbolizar a renovação e o recomeço.

Dinamarca
Na noite da passagem do ano os dinamarqueses tem por tradição atirar pratos velhos contra as portas dos familiares e amigos para desejar boa sorte no ano que esta a chegar.

Bolívia
A tradição de ano novo na Bolívia é cozinhar bolos nos quais escondem uma moeda dentro. Quem encontrar a moeda encontrar também sorte no ano seguinte.

Filipinas
Na noite da mudança de ano que tudo deve ser redondo. Tudo gira em torno do dinheiro por isso os Filipinos usam roupas com bolinhas e comem alimentos redondos.
Nunca esquecem as moedas nos bolsos.

Chile
A tradição é dormir no cemitério na companhia de quem já morreu.

América do Sul
Nalguns países da América do Sul, a tradição é vestir roupa interior colorida na noite da passagem de ano e no dia 1 de Janeiro.

África do Sul
Na África do Sul as famílias lançam mobílias antigas pela janela para esquecer o que de mau aconteceu no ano que esta a terminar.

Equador
A tradição é dar uma com a mala de viagem vazia pela rua para atrair dinheiro e viagens para o novo ano.

Estónia
A comida é o centro da passagem de ano. No dia 1 de janeiro as pessoas come entre 7 a 12 vezes (números da sorte no pais).

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados