Ano novo, preços novos

Com 2017 a terminar, fala-se já nas alterações nos preços de bens e serviços, esperadas para 2018.

Entre os serviços que vão ver o seu preço aumentado em 2018 encontram-se as rendas de casa, os transportes e as portagens.

Boa noticia é que as tarifas de electricidade no mercado regulado vão baixar 0,2% (numa fatura de cerca de 40 euros, isto representa uma redução de nove cêntimos).

No sector dos transportes, os preços dos bilhetes dos transportes públicos irão aumentar até 2,5%.
O preço das portagens deverá aumentar 1,42%.
Ainda no sector dos transportes, o Imposto Único de Circulação (IUC) (“selo do carro”) vai aumentar em média 1,4%.

Em 2018, o valor das rendas de casa sofrerá o maior aumento desde 2013, prevendo-se um aumento de 1,12% mais 1,12 euros por cada 100 euros).

No tabaco o aumento será de 10 cêntimos por maço de cigarros. Nos refrigerantes, devido ao aumento do imposto  das bebidas açucaradas, o aumento deve rondar os 1,5%.

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados