Surf | Balanço da temporada internacional de 2017 para os surfistas lusos

60 surfistas portugueses competiram nos circuitos da World Surf League (WSL) e agora que encerrou a temporada internacional a Associação Nacional de Surfistas (ANS) fez o balanço dos surfistas em competição durante este ano que agora está a terminar.

“Em maior destaque esteve Frederico Morais, único surfista português no circuito mundial de surf, que terminou a temporada no 14º lugar do ranking mundial, neste que foi o seu ano de estreia entre a elite. No seu palmarés competitivo de 2017, destaca-se o 2º lugar na etapa sul-africana do circuito e os dois 5º obtidos em Bells Beach, na Austrália, e na Califórnia.

Do lado feminino, a bicampeã nacional Carol Henrique foi quem esteve em maior destaque ao trazer para Portugal um título nunca antes obtido por uma portuguesa, o de campeã europeia da WSL. Para este título, muito contribuiu a vitória na prova de categoria 1500 do WQS, circuito mundial de qualificação, no País Basco, em Espanha, em Abril passado.”

 

Rankings 2017

World Tour:
14º – Frederico Morais

WQS feminino:
26ª – Carol Henrique, (1ª no ranking europeu)
30ª – Teresa Bonvalot (25ª no ranking europeu)
67ª – Camilla Kemp (6ª no ranking europeu)
120ª – Yolanda Hopkins (10ª no ranking europeu)

WQS masculino:
32º – Vasco Ribeiro (4º no ranking europeu)
156º – Pedro Henrique (7º no ranking europeu)

JQS europeu feminino:
7ª – Mafalda Lopes

JQS europeu masculino:
9º – Afonso Antunes

Big Wave Tour:
9º – Alex Botelho
21º – João de Macedo

 

A ANS destaca ainda:
– Teresa Bonvalot com duas vitórias no circuito, revalidou o título de campeã europeia júnior (JQS)
– Vasco Ribeiro com um 5º lugar na África do Sul, numa prova de categoria 10.000
– Nicolau Von Rupp com um 3º lugar nas Filipinas numa prova de categoria 3000
– Pedro Henrique com um 3º lugar em Israel, numa prova de categoria 1500
– Alex Botelho com um 5º lugar no Puerto Escondido Challenge
– Camilla Kemp com um 3º lugar obtido na prova basca de 1500 pontos
–  Yolanda Hopkins com um 2º lugar em Marrocos na categoria de 1500 pontos

“No circuito júnior europeu, destaque para a ascendência de Mafalda Lopes e Afonso Antunes. Ambos ficaram por duas vezes em 5º lugar, tendo a surfista capariquense ficado no 7º lugar do ranking e o surfista da Ericeira na 9ª posição.”

 

[Imagem ANS]

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados