Inauguração da Sala do Trono [Imagens]

Concluídas que estão as obras de restauro, as primeiras grandes obras dos últimos 200 anos,  foi esta tarde apresentada ao publico a Sala do Trono do Palácio Nacional de Mafra.

As obras de restauro desta sala, que se destinou a audiências régias, foram possíveis devido ao apoio mecenático da Fundação Millenium bcp.

“O Palácio de Mafra tem mais uma sala da qual se pode orgulhar” afirmou Paula Silva Directora Geral do Património Cultural, referindo ainda que esta “era uma sala normal entre muitas salas e agora é uma sala em que se restituiu a qualidade da pintura, que é facto excelente, que se restitui a dignidade à sala e a sua dimensão”

As pinturas da sala são de Cirilo Volkmar Machado e Domingos Sequeira.

“A pintura do tecto representa uma alegoria à “Lusitânia” e faz parte da campanha decorativa que Cirilo Volkmar Machado executou no Palácio a partir de 1796 por encomenda do Príncipe Regente, futuro rei D. João VI.
Paredes decoradas com pinturas a fresco representando as oito Virtudes Reais, da autoria de Domingos Sequeira (1768-1837). “

Sobre a Sala:
A decoração mural desta sala faz parte de uma campanha encomendada pelo Príncipe Regente, futuro D. João VI, ao pintor Cirilo Volkmar Machado, a partir de 1796, e que abrangeu diversas outras salas do Paço Real. Iniciados cerca de 1804, os trabalhos desta sala foram dirigidos por Volkmar Machado e Manuel Piolti.

Segundo as próprias Memórias de Cirilo Volkmar Machado, este representou no painel central do teto junto aos “sábios, a ministros, militares, e eclesiásticos beneméritos”, o Anjo Tutelar de Portugal protegendo com o seu escudo o Rei e toda a Família Real. Desenhou também as outras figuras, pintadas depois por Bartolomeu Calisto, João de Deos, Archangelo Foschini e Joaquim Gregório

 

  • Siga-nos nas redes sociais

 

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados