Desnivelamentos na Linha do Oeste previstos no Orçamento do Estado para 2018

O Orçamento do Estado para 2018 conta com “360 milhões de euros de investimento previstos para dotar a ferrovia portuguesa a nível de infraestruturas e de material circulante, realçando também as obras Covilhã-Guarda, no valor de 65 milhões de euros, as renovações na Linha do Norte, as intervenções da Linha do Minho e o início de desnivelamentos na Linha do Oeste.”

Segundo Pedro Marques, Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, “cerca de 800 quilómetros de infraestruturas estarão em execução ou com procedimento concursal em curso em 2018 no âmbito do programa Ferrovia 2020.”

Em 2018 vai ainda ser “acelerado o programa de modernização do material circulante da CP e iniciado o programa de aquisição de novo material circulante da CP, com um custo estimado de 60 milhões de euros e com o objetivo de «reforçar a coesão territorial da rede».“

A conservação de infraestruturas da ferrovia existente contará com um investimento de 126 milhões de euros.

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados