Banco francês doa a Portugal 60 mil euros para a reflorestação das Matas Nacionais

O banco francês realizou uma campanha de angariação de fundos para apoiar à reflorestação do nosso pais. Foram recolhidos mais de 60 mil euros que vão agora ser canalizados para ações de reflorestação nas Matas Nacionais afetadas pelos incêndios.

Segundo Capoulas Santos, Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, este donativo é uma «nota de solidariedade muito importante para a população que vive nos territórios afetados pelos incêndios».

O Parque do Palácio Nacional da Pena recebeu uma cerimónia simbólica que assinalou a entrega deste donativo, cerimónia na qual foi plantada uma árvore e que contou com a presença de Capoulas Santos,  Jean-Philippe Diehl,  presidente do Banque BCP e de Miguel João de Freitas, Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural.

 

Sobre o Projeto de reflorestação

O projeto permitirá não só reflorestar uma área significativa de Mata Nacional, num total de 33,2 hectares onde não se espera que surja regeneração natural de pinheiro-bravo, mas também preparar a reflorestação de mais 73,3 hectares que, posteriormente, serão plantados no âmbito de iniciativas de voluntariado e mecenato.

Esta ação que, no seu conjunto, envolve uma área significativa de mais de 100 hectares, terá um grande impacto na recuperação ecológica e paisagística das Matas Nacionais, reunindo no mesmo objetivo os cidadãos portugueses na diáspora, em França, mas também muitos daqueles que se voluntariaram para trabalhar com o Instituto de Conservação da Natureza e Florestas na recuperação da floresta.

 

 

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados