Aviso à População | Agitação Marítima

A  Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) emitiu, esta tarde o seguinte Aviso à População:

1. SITUAÇÃO

Situação Meteorológica:
No seguimento do contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), realizado hoje pelo Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), e de acordo com a informação meteorológica disponibilizada prevê-se:

  •  Sábado – 21 de Outubro, a ocorrência de precipitação fraca, apenas no período entre as 0:00h e as 12:00h. Será ainda de prever a diminuição dos valores de temperatura máxima, na ordem dos 3ºC nas regiões Norte e Centro, com os valores mais elevados a serem atingidos no Alentejo e no Algarve (20 a 25ºC). O vento poderá intensificar-se no litoral, rodando para o quadrante norte/noroeste, e nas terras altas poderá atingir uma intensidade de 30 a 45 km/h em todo o território.
  • Domingo – 22 de Outubro, a subida da temperatura máxima, na ordem dos 4ºC, em especial no interior das regiões Norte e Centro. O vento soprará do quadrante norte/nordeste (< 20 a 30 km/h). Nas terras altas (cota > 800m) soprará do quadrante leste/nordeste, podendo atingir 30 a 40 km/h até ao final da manhã.
  • Agitação marítima, com ondas de noroeste que poderão vira a atingir 4 a 5 m, desde as 6:00 de Sábado (21Out) até às 9:00 de Domingo (22Out), esperando-se que o período mais crítico ocorra entre o meio da manhã até ao meio da tarde de Sábado.

 

2. EFEITOS EXPECTÁVEIS
Em função das condições meteorológicas presentes e previstas, é expectável:
 Possibilidade de inundação por galgamentos costeiros nas zonas historicamente mais vulneráveis;
 Danos em estruturas montadas junto à orla costeira;
 Dificuldades de drenagem em sistemas urbanos, nomeadamente durante os períodos de preiamar, podendo causar inundações nos locais historicamente mais vulneráveis;
 Possíveis acidentes na orla costeira;
 Fenómenos geomorfológicos causados por instabilização de vertentes devido à perda da sua consistência.

 

3. MEDIDAS PREVENTIVAS
A ANPC recomenda à população a adoção de medidas cautelares de prevenção, nomeadamente:
 Garantir uma adequada fixação de estruturas soltas;
 Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a galgamentos costeiros, evitando, se possível, a circulação e permanência nestes locais;
 Evitar praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, bem como estacionar veículos muito próximos da orla marítima;
 Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e das Forças de Segurança.

 

O Aviso da ANPC, vem no seguimento dos avisos emitidos pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera:

Distrito de Lisboa
Amarelo – Agitação Marítima
Ondas de noroeste com 4 a 5 metros.
Válido entre 2017-10-21 05:59:59 e 2017-10-22 08:59:59 (hora UTC)

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados