Cartaz Yellow Star Company

Até ao final do ano, a Yellow Star Company tem em cena, vários espectáculos que vão da comédia ao monologo, passando pelos musicais.

 

“Boeing Boeing”,
Comédia com António Camelier, Ricardo Castro, Carla Vasconcelos, Marta Melro, Liliana Santos, Sofia Grillo!

Sinopse
Uma hilariante comédia de enganos sobre a trajetória de um Casanova da Era do Jacto, Bernardo um arquiteto que está noivo de três mulheres, Janete, Julietta e Judite, três hospedeiras de bordo, de diferentes países com quem vive sem que saibam a existência uma das outras.

Berta, a fiel empregada doméstica de Bernardo, é cúmplice neste jogo amoroso, trocando as fotografias, roupas de cama e ementas para que nenhuma das noivas desconfie da presença de outras mulheres.

Até que um dia os seus amores vão chegar à sua casa ao mesmo tempo…

Dada a azáfama vivida na casa de Bernardo, Berta está à beira de um ataque de nervos! Um amigo de longa data do arquiteto, Roberto Seguro, veio visitá-lo e vê-se apanhado na maior trama amorosa que alguma vez viu e que terá um fim inesperado…

Teatro Armando Cortez (Lisboa)
Até 29 de Outubro – 5ªs a sábados às 21h30 e domingos às 16h00

 

“A Ultima noite do Capitão”
Monologo com Filipe Crawford!

Sinopse
O retrato da vida de Francesco Andreini, cómico dell’arte, afastado das tábuas do palco e nostálgico dos anos de glória da comédia italiana dos finais do sec. XVI. Uma carta que escreve ao seu antigo mecenas é a chave que abre o álbum de recordações dos sucessos obtidos há mais de 400 anos. Num estilo muito próximo do “Canto do Cisne” de Tchecov, e do “El Canto de la Rana” de Sinisterra, de carácter histórico, mas, neste caso, passada nos inícios do sec. XVII em Itália, utilizando as máscaras de couro da Commedia  e salvando do esquecimento monólogos exultantes e barrocos ditos pelo Capitão, recopiados do  texto original de 1619 “Le Bravure di Capitano Spavento” criando deste modo uma adaptação de um dos livros mais sugestivos da Commedia dell’arte, livro que foi motivo de inspiração, plágio e veneração, entre os comediantes desde 1600 até hoje. A encenação é austera, sem recurso à música ou a efeitos de luz, transitando entre a tragédia e a comédia, entre a alegoria e a crua realidade, num registo de teatro intimista onde sobressai o relato pungente de Andreini, e a fantasia do Capitão, personagem que, segundo Julio Vélez-Sainz, seria o gérmen inspirador de Don Quixote de Cervantes.

Filipe Crawford é o intérprete desta versão portuguesa da peça de Cabezas, também ele comediante especialista na Commedia dell’Arte, que, com 60 anos assume a personagem de um velho ator que já foi famoso e se encontra agora esquecido e na miséria. Para além do interesse histórico e teatral da peça, que é uma lição de teatro, pretende-se com a sua temática alertar também para a precaridade trágica da vida dos artistas, muitas vezes condenados a um fim de vida votado ao esquecimento.

Teatro Armando Cortez (Lisboa)
Até 17 de Dezembro – Domingos às 21h00

 

“Na Bagunça do teu Coração”
Musical com Carolina Puntel e Ricardo Sá

Sinopse
“Ele & Ela se conhecem, se amam, se casam. Depois se separam e cada um vai tentar a sorte com outros parceiros. Não dão certo, se reencontram, se amam e são felizes para sempre.” (João Máximo) A história conta a vida de um casal no período de um ano, durante o qual passam por vários encontros, desencontros e reencontros até, finalmente, volvidas as quatro estações, o casal revolve também o ciclo dos seus sentimentos e têm então, o inesperado final feliz. Trata da velocidade em que definimos o tempo afetivo e como, por vezes, atropelamos os nossos sentimentos.

Teatro Armando Cortez (Lisboa)
De 25 de Outubro a 29 de Novembro – 3ªs e 4ªs às 21h30

 

“Os 39 Degraus”,
Comédia com Vera kolodzig, João Didelet, Martinho Silva, Marcantónio del Carlo! – TEATRO SÁ DA BANDEIRA- PORTO

Sinopse
Quando  um ilustre e bem parecido gentleman inglês é procurado por um crime que não cometeu e se vê enredado numa teia de espiões, isto significa que estamos perante “Os 39 Degraus”. Uma peça que leva ao palco quatro corajosos actores que, sozinhos, desempenham mais de 100 personagens, num dos mais brilhantes espectáculos da Broadway e de West End. Resultado é uma comédia a alta velocidade que tem intriga, espionagem, aventura, heróis, vilões, romance e muitas gargalhadas!

Teatro Sá da Bandeira (Porto)
De 17 a 26 de Novembro – 6ªs e Sabados às 21h39 e domingos Às 18h00

 

 

 

Fique atento ao JM , vamos ter novidades muito em breve.

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados

Leave a Comment