Ampliação e remodelação do quartel dos Bombeiros da Malveira

Os Bombeiros Voluntários da Malveira apresentaram ontem o seu projecto de ampliação e remodelação do quartel. As instalações que ocupam mostram já o peso de 45 anos de serviço às populações que os bombeiros da Malveira têm vindo a servir. Chove em alguns espaços, as camaratas, sobretudo das mulheres da paz, são exíguas, o parque de viaturas necessita de ser ampliado, a instalação eléctrica e as estruturas de comunicação e de segurança necessitam de ser modernizadas. O excelente serviço que estes homens e mulheres prestam, precisa de ser dignificado e o espaço necessita de ser ampliado e modernizado.

A direcção da associação, num acto de transparência assinalável, porque muito pouco comum no concelho, apresentou ontem não só o projecto geral de ampliação e remodelação do quartel, mas também os pressupostos financeiros que lhe estão subjacentes e os indicadores de serviço que os justificam.

Em 2016, o corpo de bombeiros acorreu a 4.233 pedidos de socorro, representando um aumento de 4,5% relativamente a 2015, correspondendo a uma média ve 11 ocorrências por dia, representando 1 incêndio ou 1 acidente em cada dia que passa. Para que seja possível suprir as necessidades de serviço, é preciso que estejam todos os dias em serviço  22 bombeiros.

O projecto passa pela completa recuperação do interior do quartel, substituição das redes de esgotos, de água, de energia e de comunicações e pela construção de novas áreas funcionais. Estas obras, que representarão um investimento na ordem dos 900.850 €, serão financiadas pela  realização de eventos, por iniciativas de mecenato, pela articulação de protocolos com entidades públicas e privadas, por capitais próprios e finalmente, também por financiamento bancário. Como resultado de uma gestão criteriosa de recursos, a direcção dos Bombeiros da Malveira afirmou ter controlado os factores financeiros relacionados com o endividamento bancário e com as dívidas a fornecedores, situação que facilitará seguramente o acesso ao crédito, contribuindo também para a saúde financeira da instituição.

Sendo de enaltecer a politica de transparência da actual direcção da Associação dos Bombeiros Voluntários da Malveira,  não deixa de se entender mal a falta de oportunidade do momento escolhido para esta apresentação. Se considerarmos que o actual presidente da direcção dos BV da Malveira é candidato à presidência da Junta da UF da Malveira e S. Miguel de Alcainça, se considerarmos ainda que o actual presidente da mesa da Assembleia Geral dos BV da Malveira foi vereador da Câmara Municipal de Mafra, pelo mesmo partido politico, acrescendo ainda o convite feito ao actual presidente-recandidato da Câmara de Mafra, do mesmo partido político, verificamos que a instituição só ganharia em termos de independência, de credibilidade e de distanciamento politico-partidário, se fizesse aquilo que à primeira vista pareceria natural, ou seja, ter realizado esta excelente apresentação no próximo dia 2 de Outubro.

  • Siga-nos nas redes sociais
Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados